Para montar um quebra-cabeça, é preciso achar a posição exata para que peças de diferentes formatos e tamanhos se encaixem. O esforço exige raciocínio, paciência e uma visão do todo para chegar ao resultado pretendido.

Nossas vidas também são compostas por pedacinhos... Partes que, unidas, formam a totalidade do nosso Ser! 

Em nosso cotidiano nem sempre estamos de frente com o quebra-cabeça de brinquedo, mas sim com o quebra-cabeça da nossa vida, encaixes e desencaixes que podem nos oferecer conseqüências constantes.  

Durante essa construção podemos nos deparar com algumas dificuldades pontuais e repetitivas no compreender e no lidar com as próprias emoções, ou seja, nem sempre nos sentimos inteiros, com vida e SAÚDE. Agumas coisas, a partir de um determinado momento, podem ficar sem sentido.  Parece faltar espaço para entrar em contato com necessidades e desejos pessoais de uma forma mais descontraída, alegre e prazerosa.

Assim é nossa vida! Tem hora que parece que as peças não se encaixam, que o formato e as cores ao nosso redor e dentro de nós, não estão combinando!  E  nos perdemos no meio a tantas peças da nossa vida: família, dinheiro, carreira, sonhos, ansiedades, medos, sentimentos de angústia, depressões, desejos, relacionamentos...

 A Psicoterapia é um recurso que pode ajuda-lo a ter clareza sobre sua dinâmica interna, colaborando para tornar-se menos refém de si mesmo, expandir suas possibilidades e fazer escolhas coerentes consigo e com a situação atual.

Ao mesmo tempo em que falar e elaborar nossos pensamentos é muito importante para nos ajudar a organizar nossas emoções, nem sempre conseguimos expressar através das palavras.

Consciente ou inconscientemente, quando nos expressamos através da arte, estamos contando quem somos, o que desejamos, o que revelamos, o que escondemos.

Psicoterapia/Arteterapia é  um poderoso e forte caminho para o auto-conhecimento e a expressão das nossas percepções e necessidades mais profundas.

 

 

 "Há pessoas que transformam o sol numa simples mancha amarela, mas há aquelas que fazem de uma simples mancha amarela o próprio sol" (Pablo Picasso)

 

||bsd b01s|||image-wrap|b01 c05 bsd|b01 c05 bdt|b01 c05 bsd|b01 c05 bsd|b01 bdt|b01 c05 bsd